Crónica: “os lumes vírom-se desde o espaço”

Há umha cheia de tempo que nom vos contamos as nossas aventuras e nom sei se darei condensado tanta cousa que passa.

Enquanto estávamos a trabalhar as árvores autóctones sofremos no país umha grande vaga de lumes que nos fijo ficar a todas bem tristes; ainda que comentando o tema na assembleia e com um ambiente bem triste, um de nós comentou que el si que gostava, e muito, do lume. E porque? -perguntamos todas.- Porque podes fazer churrasco! Falamos na assembleia destas cousas e chegamos à conclusom de que seria bom fazermos algo para conscientizar a sociedade de nom fazer lumes. Preparamos uns cartazes e figemos umha manifestaçom polo bairro com colagem de cartazes. Mas também queríamos fazer algo para transformar um bocadinho a realidade e fomos apanhar landras num dos nossos passeios polo monte e temo-las sementadas em copinhos para transplantar quando agromarem, que nom gostamos de tanto eucalipto.

Sobre o ensino comunitário

Recuperamos um texto de 2012, um aninho depois de inaugurarmos a Semente Salvadas. Era a primeira Escola de Ensino Galego do século XXI, como gostamos de chamar-lhe, em lembrança das escolas que as Irmandades da Fala criaram na Corunha nos anos 20 do passado século.

É um texto sobre o ensino comunitário, que reivindica essa condiçom para a Semente, e nega a falsa dicotomia entre ensino público e privado. É um chamamento para superar o dogmatismo e o corsé da ortodóxia. Para avançarmos. Perante o seu branco e preto, continuamos a reivindicar as cores da Semente.

publicoprivado

JANTAR DE APOIO À SEMENTE

O sábado 25 de Novembro organizamos um jantar de apoio à Semente Compostela no C.S. O Pichel. Se queredes colaborar com o nosso projecto e vir desfrutar dum jantar  agradável, podedes anotar-vos no nosso mail  infoARROBAsementecompostela.com.

As crianças pagam 3€ e as adultas 12€ ou 15€.

Teremos atuaçons, sorteios e algumha surpresinha. Esperamos-vos!

CRÓNICA: UM NOVO ANO E NOVAS PEGADAS DE SEMENTES

Já vam lá 2 meses e deu para ir conhecendo-nos um pouco mais entre as que já estávamos : Violeta, Xaquín, Carme, Brandam, Uxía, Leo, Rosalía, Antón, Vera, Nerea e a nova criança que entrou a Sarela, Ben-vinda! Mas também mandar beijinhos às crianças que já nom estám: Xoana e Ézaro ( abraços e beijos de todas nós).

Deseguido contar-vos alghumha das cousas que estivemos a fazer:

Pois começamos o dia relaxando-nos: os braços, as pernas, o pescoço e finalmente atendemos à respiraçom e senta-nos muito bem!. Cada dia temos umha criança que fai de ajudante da assembleia: dá os bons dias, as fotos e convida a pôr o tempo e o dia do mês em que estamos e contamo-nos muitas cousas…

FOTO 1

FOTO 2 Continuar a ler

“Afazendo-nos” Primeira crónica do ano

Pois isso. Este ano há mudanças e precisamos um tempo.

Crianças que fôrom para a “escola das crescidas” e que botamos muito em falta. Um beijom para Nântia, Mateo, Jimena e Finlay.

Crianças que mudárom de grupo ou mesmo crianças que vinhérom este ano de novo. Bem-vindas Sara, Antón, Andeca e Simón.

Pouco a pouco vamos procurando o sítio no grupo, descobrindo materiais, tecendo laços com companheiras novas, criando normas de convívio…

Sementinhas já está a funcionar

sementinhas

NESTE ANO 2017-2018, VOLTAM AS SEMENTINHAS! (funcionando já na Semente das Salvadas)

As Sementinhas é um espaço de encontro em galego para crianças de 0 a 2 anos. Todas as segundas-feiras (luns) entre as 17:30h e as 19h30 no local da Semente das Salvadas as meninhas e meninhos podem brincar e participar de atividades que favorecem o seu desenvolvimento num ambiente de respeito, fomento e amor pola nossa língua e cultura.

Para qualquer dúvida podedes chamar ao 626792237 ou escrever um correio a info(arroba)sementecompostela.com

Que é um mês e meio perante as mil primaveras mais que nos restam…?

…Pois eu pensei que nada, mas dam para muito, e ainda bem porque as cousas grandes constroem-se através de muitos pequenos momentos.

Desde a última vez que nos comunicamos passárom umha cheia de cousas:

Como nom, continuamos com o nosso projeto dos bichos e já investigamos

As aranhas

Das quais descobrimos que em geral som as fêmeas que constroem as aranheiras; ou que tenhem oito olhos, mas veem mui pouquinho.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Continuar a ler

Do entruido para cá muito fora e pouco dentro…

Já vai lá muito tempo desde a última vez que vos dizemos do que fazemos… e os dias passam-se, um após outro, passeninhamente dando-nos a possibilidade de fazermos cousas, de brincar… e, sobretodo de continuar a medrar.

Podemos-vos contar mais ou menos, muito ou pouco, todo ou nada… mas tende por seguro que o nosso objetivo é sempre passar muito bem… e de verdade, que o conseguimos a cotio.

Mas agora… que contamos??

Contar-vos que neste tempo as amigas e amigos estám crescer e assim parabenizamos a Yara, Ona, o Xes e a Lía que estivérom de aniversário e quirom partilhar connosco o seu bolo:

foto 1

Continuar a ler