ANO NOVO, NOVA COLHEITA DE SEMENTES

  Somos o novo grupo do ano 2016-17, vamo-nos apresentar e dar as boas-vindas: Antón, Carme, Ézaro, Nerea, Leo, Rosalía, Vera, Uxía, Xaquín, Xoana e mais Rosa.

Começamos lá polo mês de setembro, já passárom vários meses, pouco a pouco fomos conhecendo a Semente da Torreira: as duas salas e o quintal e com certeza as redondezas da escola. A respeito do quintal dizer-vos que tem diversos materiais novos com que poder brincar: um bambám, um pau pendurado para dar voltas e voltas, um espaço de sombra, pneumáticos… quando vinherem visitar-nos as amiguinhas das Salvadas vamo-lo passar genial !!! brincab%d1%80las 

Continuar a ler

A primeira crónica do ano!

olá mais um ano  a todas!
Este ano que acabou foi muito especial pois na nossa aula tivemos que despedir-nos de cinco companheiras… mas continuaremos desfrutando juntas no universo Semente. Até já Lea, Joana, Artur, Aldám e Julián.
Para este ano novo damos as boas vindas ao Fuco, Bastián, Maré e Eire!!
Estou procurando (som Badú), umha ideia motivadora que nasça do próprio interesse do grupo para, a partir dela, tentar tecer conhecimento, mas nom estou bem atento… Aparecerá. Entretanto, os dias passam e o verao acabou. Para criarmos conversas e que seja mais singelo lembrar as férias construímos umha estrutura com fotos do nosso verao.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Continuar a ler

As últimas crónicas do passado ano!

As famílias fam Semente

Um novo curso botou a andar, já vam lá umhas semanas, temos companheiras/os de viagem novas e tivemos que despedir algumhas outras/os; mas nom queremos começar as novas crónicas sem fechar o ano passado e contar-vos as nossas últimas actividades do curso que já acabou.

Na Torreira, com o grupo da Rosa, figemos umha actividade que preparou a família de Bastián (obrigada Xana) CIANOTIPIAS, umha maneira diferente de fotografar objetos com a ajuda do sol.

Para isto, dias antes pedimos às crianças que trouxessem objetos com diversas formas e também aproveitamos para ir até o rio e recolher algumha que outra folha, ramalho, flor..etc. Chegou o dia (após esperar vários que tiváramos algo de sol) e finalmente chegou Xana à Semente para preparar os papéis com os seus diversos produtos para logo poder empregá-los.

preparacom-cianotipias Continuar a ler

Crónica da Torreira: “Até o quarenta de maio nom tires o saio”

Nom nos falamos desde finais de Abril e como todos os anos lembramo-nos de celebrar o dia da Revoluçom dos Cravos fazendo uns com material de refugalho e levando um de agasalho para casa; gostamos muito da música do Zeca, Grándola, e falamos das alternativas pacíficas perante os conflitos… ótimo para o nosso dia a dia!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

As novas das Salvadas!

Bom dia!

Ao igual que na Torreira, nas Salvadas também estivemos a mudar de sítio algumhas cousas, mas as nossas rotinas diárias continuam como cada dia.

Molhar as nossas plantas, além de ser fundamental para que nom morram, é um jogo mui entretido com o difusor de auga. Depois de tomar a parva, penduramos as mochilas, limpamos os tapetes e arrumamos para podermos ir brincar.

CIMG5056 Continuar a ler

AS MAIS NOVAS DA TORREIRA

Boas a todas!

Já estamos de volta mais umha semana para contar-vos o que estivemos a fazer; pois trocamos de sítio as cousinhas da sala, já que às vezes é preciso mover os brinquedos, estantes… para irmos criando e transformando mas também para adaptar os espaços às nossas necessidades.

E sabedes umha cousa? chegamos à sala um dia e havia umha nova construçom: a Casinha de girafa e crocodilo. Com o passar do tempo trocamo-la por outro tipo de construçons.

FOTO CASINHA Continuar a ler

As crescidas das Salvadas informando…

Já estamos outra vez aqui, as crescidas das Salvadas informando…

E sabedes que? Que nos tornamos muito comelhonas pois a mala cozinheira nom pára de ir e vir cheia de cousas riquíssimas…. e assi foi como aprendemos a fazer iogurte da mao da Maré ou provamos as bolachas de farinha integral da Júlia ou as chulas de cabaça da Helena… Mmmm… que bom estava todo!!! Obrigadas compis!!

3

Continuar a ler

As velhas da Torreira: passinho a passinho, surpresa a surpresa”

Os nossos horários fazemo-los nós, entre todas; segundo as nossas necessidades, gostos, saúde, climatologia… E é por isto que podemos aproveitar melhor os momentos especiais, as surpresas do dia a dia, que oferecem posibilidades de aprendizagem muito mais significativas porque levam o factor motivaçom da mao. Estes dias estivérom cheios.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA