Crónica das Salvadas: Amigável outono.

Vamos-vos contar o que aconteceu no tempinho decorrido desde que o ano começou.

É muito o movimento que temos nas Salvadas. As crianças chegam com esperança cada manhá, com muita vontade de brincar e de partilhar tempos, petiscos e aventuras coas companheiras.

Aqui umha amostra dalguns dos nossos momentos favoritos:

Com os jogos musicais, desfrutamos do movimento, da dança, do ritmo e da alegria que sentimos com a música.

Música 1 Música 2

Música 3

Na horta dam-se quantidade de jogos, de movimento e de tempo de aventuras.

Além disso, temos duas novas companheiras: Maruxa e Coralia fôrom os nomes escolhidos para as pitas que estám a viver connosco. Agradecimentos à familia de Ginzo por esta nova alegria.

Cada manhá imos com milho, com pam e com água ao pé das pitinhas. Cantamos-lhes a cançom do “Bom dia” e saudamo-las com muito agarimo. Con paciência imos aguardando o momento de podermos recolher o primeiro ovo.

Polo de agora, continuamos a tratá-las com muito mimo à espera desse dia! Desse ovo!

 Horta 1 Horta 2 Horta 3 Horta 4

O começo do outono nom trouxo auga e com dias de sol fomos dar umha voltinha até o parque. Gostamos muito e todas sabemos que queremos repetir. Caminhamos, recolhemos folhas, saudamos ocas e sobretodo, brincamos a gosto.

Parque 1Parque 2

Juntas elaboramos o nosso particular almanaque, que nos ajuda a integrar o passar dos dias, das semanas e dos meses. Com a cor das molas assignadas a cada mês do ano, imos passando mola a mola, dia a dia.

Almanaque 1 Almanaque 2

O tempo de petisco, de partilhar e de desfrutar comendo também se nos dá muito bem. A fame aperta a meio da manhá e este tempo precisamo-lo para continuar com enegia.

Petisco

Neste tempinho, nas Salvadas fomos mui afortunadas porque fôrom várias as amigas que se achegárom a visitar-nos.

  • Através do projeto “Vivas e convidadas” conhecemos Bleuenn e a sua paixom. Ela veu à escolinha com as suas arpas, deixando pegada após a visita e o conhecimento da fermosa música que cria.

Aliás neste dia éramos muito público, porque nos juntamos as compaheiras das duas salas das Salvadas e também se achegárom as amigas de Semente Primário. O espaço estava a ferver de gentinha que aguardava pola nossa primeira convidada.

Bleuenn_2[1]

  • Raquel, outra amiga da Ilha de Arousa achegou-se às Salvadas trazendo um pedacinho do trabalho tradicional marinheiro da sua vila. Através do conto “O tesouro das Rias Baixas”, conhecemos as bateias de mexilhom e as nasas. Estamos a dar-lhes muito uso!

Raquel 1 Raquel 2

  • Cristina, a nossa companheira professora que escolheu as Salvadas para estagiar, trouxo um projeto sobre o lixo. Partilhamos com ela jogos sobre a reciclagem, novas aprendizagens sobre o dano do lixo na terra e no mar e muito tempo de contos. Convertemo-nos assi em especialistas da reciclagem.

 Cristina 1 Cristina 2 Cristina 3

O dia que Cristina se foi, quijo dar-nos uns novos brinquedos para a escola, feitos com elementos naturais e outros materiais de refugalho. Aqui as caras de felicidade de duas amiguinhas.

Agasallo Cristina

Muito obrigadas às três: Bleuenn, Raquel e Cristina. Polo tempo, as alegrias partilhadas e pola vossa generosidade.

O canntinho dos disfarces também oferece muitas alternativas de jogo e som muitos os risos, o tempo e os ambientes criados para converter em multitude de cenários um espaço cheio de magia: Umha casa, umha loja, um barco de pesca…

Quando fora chove, a sala recorverte-se numha moreia de recantos diferentes.

Disfraces e xogos 1 Disfraces e xogos 2 Disfraces e xogos 3

Outro momento cheio de gentinha é quando nos reunimos as duas salas das Salvadas para umha assembleia conjunta e contar continhos na mesa de luz.

Mesa de luz

Houvo umha companheira doente uns dias, mas nom por isso ausente da escola. Aproveitamos as novas tecnologias e falamos com ela através do computador. Por meio dumha viodeochamada, estivemos conversando, mandando apertas e bicos para que se recuperasse cedo e voltasse connosco brincar.

Computador amiga doente

As atividades de pintura com distintos materiais também tenhem umha mui boa acolhida, e este outono deu-nos muitas possibilidades de pintar além do papel.

Desfrutamos da estaçom em que estamos e de todo o que nos está a dar.

Materiais outono 1 Materiais outono 2 Materiais outono 3

Com o outono, chegou o Samaim. Os contos e as cantigas de medo inundárom a escolinha. Pola porta começárom a chegar calacus andantes, meigas, fantasmas, piratas e esqueletos. Com muita alegria desfrutamos de castanhas assadas e dum delicioso bolo de cabaça que a profe Marga trouxo para partilhar.

Samaín 1 Samaín 2

Aproveitamos para felicitar o nosso amigo Ícaro, que estivo de aniversário neste outono e até aqui, as nossas primeiras aventuras neste novo ano.