Sobre o ensino comunitário

Recuperamos um texto de 2012, um aninho depois de inaugurarmos a Semente Salvadas. Era a primeira Escola de Ensino Galego do século XXI, como gostamos de chamar-lhe, em lembrança das escolas que as Irmandades da Fala criaram na Corunha nos anos 20 do passado século.

É um texto sobre o ensino comunitário, que reivindica essa condiçom para a Semente, e nega a falsa dicotomia entre ensino público e privado. É um chamamento para superar o dogmatismo e o corsé da ortodóxia. Para avançarmos. Perante o seu branco e preto, continuamos a reivindicar as cores da Semente.

publicoprivado