As mais novas das Salvadas

Psss, psss….Ei! Alguém por aqui? Ah, já nos parecia…

Pois preparai-vos: abride as antenas, abride um olho, abride outro olho (si, primeiro um e depois outro), limpai bem as orelhas (bom, das orelhas hoje podedes prescindir, já quando cheguar a noite se precisades), fechai a boquinha e abride-a um bocadinho (nom vaia ser…), colai o cu ao chao ou onde virdes e… Eis a nova crónica!

Que temos boas novas para todas vós… há novas amigas em Semente Salvadas! Com o início do novo ano chegárom à escola o Fuco e o Andeca. Foi um acontecimento mui agardado por todas, antes crescíamos juntas e agora continuamos mas sendo mais. mais e melhor, que isso de menos é mais nom sempre se cumpre.

Época de chegadas e também de despedidas. Si, Silvia, a rapariga que estava a fazer o estágio (práticas) na Semente, foi-se. Mas deixou pegada e nós nela. Olhai, olhai…32 1E a vida continua por aqui.

E nom paramos, nom sabemos, nom queremos, nom entendemos o mundo doutro jeito. Brincamos aos alouminhos, construímos novos universos, viajamos nos comboios imaginários, pintamos futuros possíveis e modelamos impossíveis, contamos e recontamos, falamos com os olhos, com a boca, as maos e também calamos (para continuar a imaginar) Si, assi é o nosso dia a dia.

10 9 8 7 6 5 4E a vida continua, com a nossa força e a de gente fermosa que entra por portas e janelas cheias de surpresas. Graças especiais à Estela polo seu “Brincar, Tecer, Lecer”, umha instalaçom dessas que entenden que para medrar nom há caminho que nom seja o de brincar.

Também à Mirari, por achegar-nos a música, a dança e as artes plásticas coma umha das nossas mil linguagens. Obrigadas, ledas e a esperar que regressedes!

E si, vós, famílias que estades na casa com umha vontade tremenda de compartilhar tempo e prazeres connosco, achegai-vos com as vossas propostas.

13 12 11Sempre que nos relacionamos com alguém novo deixa pegada em nós, por isso decidimos continuar a explorar o mundo das artes, criar as nossas próprias exposiçons, montar as nossas propostas cénicas… e nom vai mal o assunto. Para mostra:

16 15 14Gente que nos rodeia, meio em que estamos e festas que imos conhecendo e argalhando. Siiiiiii, chegou o entruido neste tempo!!! Figemos o nosso próprio meco, por partes. Começamos polas pernas (porque se umha casa nom se começa polo telhado um meco nom se começa pola cabeça!) . Regueifamos-lhe cada dia para lembrar-lhe trazer cousinhas do entruido. Também cozinhamos orelhas, que Miguel veu fritar (nom há festa sem enchenta) . Obrigadas, Miguel! E assi, dia após dia com um lote de surpresas que costumam sair da mala ou entrar nela.

19 18 17Bom, con tantas novidades já quase nem lembramos dizer-vos que continuamos com as nossas rotinas: bom dia, surpresa, merenda, asseio, saídas à horta…

22 21 20Ah, e um lote de excursons e aventuras: fomos de autocarro à Semente da Torreira, a pé ao parque de Vista Alegre, ver como o rio comeu o lavadoiro do Sarela…

Mas isso teredes que imaginá-lo, ou perguntar-nos, que nom todo vam ser fotos! Hoje decidimos acabar com palavras.

Continuai a crescer connosco!